Os azulejos nos Açores eram inicialmente usados como revestimento de interiores, sobretudo, em ermidas e igrejas. Terá sido em S. Miguel e Santa Maria que, mais tarde, se enraizou a moda de cobrir de azulejo a frente dos altares. Sendo importados do continente, Andaluzia e Holanda, passaram a ser produzidos na região no século XIX com o aparecimento das primeiras fábricas de cerâmica, em São Miguel e na Terceira. 

Fonte foto: 
ShutterStock