Com cerca de 237 km2, a ilha de São Jorge integra o Grupo Central do arquipélago dos Açores, encontrando-se a 15 km de distância do Pico, separada por um estreito denominado por Canal de São Jorge.
Atravessada por uma cordilheira montanhosa que atinge a altitude máxima de 1 053 metros, no Pico da Esperança, esta ilha apresenta uma zona costeira rochosa, com arribas altas e escarpadas.
A grande particularidade desta ilha são as Fajãs de origem vulcânica, quase todas habitadas mas de acesso muito difícil. Na costa Norte, destacam-se as Fajã do Ouvidor, Fajã da Caldeira de Cima, Fajã da Ribeira da Areia, Fajã dos Cubres e Fajã da Caldeira de Santo Cristo. Na costa Sul, as mais importantes são a Fajã dos Vimes e a Fajã de São João.
Durante séculos teve na agricultura e, mais tarde, na vitivinicultura a sua atividade principal. A partir do século XIX, foi a indústria baleeira que mais contribuiu para a sustentabilidade da ilha.
Hoje em dia a produção de Queijo de São Jorge domina a economia da região, tendo sido criada a Confraria do Queijo de São Jorge.

Fonte foto: 
Pixabay